Moção nº 001 – 25/10/2018, ANPOCS – Em defesa da democracia no Brasil e na América Latina e Caribe

Moção Aprovada na 43º Assembleia geral da ANPOCS: Em defesa da democracia no Brasil e na América Latina e Caribe

http://www.anpocs.com/index.php/universo/mocoes-sp-1243763237/1991-mocao-n-001-25-10-2018-em-defesa-da-democracia-no-brasil-e-na-america-latina-e-caribe

No 42º Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS), nesta quadra histórica crucial do Brasil, manifestamos nosso compromisso veemente com o Estado Democrático de Direito e com os direitos humanos.

Valorizamos uma campanha política eleitoral baseada no diálogo franco e verdadeiro com a sociedade civil e no respeito tanto pelo pensamento divergente quanto pelos adversários. Advogamos a construção de um projeto de país baseado na inclusão social, no respeito às diferenças, no fortalecimento das instituições democráticas, em uma política externa soberana e ativa e na promoção de uma cultura da paz no país, na região e no mundo.

Acreditamos que um Brasil melhor, necessariamente, deve primar pela pluralidade de pensamento, pela diversidade político-ideológica e identitária, pela justa apreciação de avanços e equívocos na história, pela liberdade de expressão, organização e manifestação e pelo enaltecimento da esfera pública.

Defendemos, portanto, propostas que garantam a autonomia das instituições de educação e pesquisa e de seus integrantes, fundamental para o conhecimento científico voltado à promoção do desenvolvimento sócio-econômico e à preservação do patrimônio cultural e ambiental.

Mais além, seguimos convictos da importância de estratégias de cooperação do Brasil com outros países da América Latina e Caribe, que possibilitem alternativas de integração regional norteadas pelos ideais da solidariedade, da soberania e da auto-determinação dos povos.

Conclamamos a coletividade acadêmica brasileira a mobilizar-se e a manifestar-se em prol destes valores e princípios e da defesa intransigente da democracia.

 

Caxambu-MG, 25 de outubro de 2018.